Pré-Diabetes – O Momento Em Que Você Ainda Pode Evitar a Diabetes Definitiva

Você sabe o que é diabetes? Pois bem… A diabetes é uma doença que se desenvolve diante de uma alteração na produção e utilização da glicose pelo corpo, deixando o açúcar em excesso no sangue e causando diversos problemas que, quando não cuidados, podem trazer riscos graves a vida do diabético. Porém, o que muitas pessoas não sabem, é que existe um estágio onde o corpo começa a apresentar os primeiros sinais antes de desenvolver a diabetes tipo 2 , chamado de pré-diabetes.

Durante essa fase, a pessoa pode fazer algumas mudanças na sua rotina para evitar ou, ao menos, dificultar o avanço da doença nos seus níveis mais drásticos.

Com isso, hoje, nesse artigo, estaremos abordando as principais informações da ocorrência da pré-diabetes, incluindo o que é, os principais sintomas e quais os tratamentos mais efetivos.

 

O Que é Pré-Diabetes?

A pré-diabetes é uma alteração que costuma ocorrer antes da ocorrência da diabetes tipo 2, podendo durar de 3 a 5 anos. Ela é apresentada quando os níveis de açúcar no sangue ultrapassam os valores considerados normais, porém ainda não podendo ser considerado os valores de referência para diabetes.

Quase todas as pessoas que desenvolvem a diabetes tipo 2 passaram pela fase de pré-diabetes antes da doença ser diagnosticada.

Apesar de ser uma fase antes do desenvolvimento da doença, durante a pré-diabetes, o corpo já começa a apresentar alguns sinais, principalmente o pâncreas que aumenta a produção de insulina de forma fora do comum.

Pré-Diabetes Valores De Referência

 

Pré-Diabetes

Para diagnosticar a ocorrência de uma pré-diabetes, e conseguir diferenciá-la da diabetes tipo 2, o exame de sangue mais efetivo é o de glicemia de jejum. Os valores de referência apresentados podem ser:

  • Menor ou igual a 99 mg/dl, onde é o nível de açúcar no sangue está comum.
  • Entre 100 a 125 mg/dl, onde já poderá ser considerado uma situação de pré-diabetes.
  • E ao fim, quando é maior que 125 mg/dl, já poderá ser diagnosticado como um caso de diabetes.

Fatores De Risco De Pré-Diabetes

 

Pré-Diabetes

Assim como a diabetes tipo 1  e a diabetes tipo 2, qualquer pessoa pode ser diagnosticada como um caso de pré-diabetes durante sua vida, porém, existem certos fatores que aumentam a probabilidade da ocorrência.

Diante disso, as pessoas mais propensas a desenvolverem a pré-diabetes são:

  • Quem possuir mais de 45 anos
  • Ter casos de diabetes na família (herança genética)
  • Ser obeso
  • Não praticar atividades físicas regularmente
  • Possuir pressão alta
  • Sofrer com colesterol alto e/ou baixo HDL
  • Já ter passado por diabetes gestacional 
  • Diagnosticado com hipertensão arterial
  • Durante a gravidez, ter passado pela síndrome dos ovários policísticos
  • Gestantes que deram a luz à criança com mais de 4 kg
  • Quem fuma excessivamente

Sintomas De Pré-Diabetes

A maior parte dos casos de pessoas que sofreram com pré-diabetes alegam que não apresentaram sintomas, um dos motivos do seu diagnostico ser bem complexo e dificultado. Diante disso, é possível afirmar que a pré-diabetes não costuma ser acompanhada por sinais explícitos, somente o aumento de açúcar no sangue e alterações no funcionamento do pâncreas.

Em casos mais raros, os sintomas que podem ser apresentados em pessoas pré-diabéticas são:

  • Sede e fome excessiva
  • Aumento anormal do peso
  • Muita vontade de ir ao banheiro para urinar

Tratamento Para Pré-Diabetes

Ao geral, o tratamento para tentar evitar que a pré-diabetes evolua para a diabetes tipo 2 é baseada em mudanças saudáveis nos hábitos das pessoas, começando uma melhor alimentação e pratica de exercícios físicos regulares durante o dia a dia.

Outro fator muito importante nos tratamentos de pessoas pré-diabéticas é a perde de peso. Quando mais equilibrado e próximo do “peso ideal”, se torna mais complexo o desenvolvimento e diagnóstico da diabetes. É recomendado perder de 5% a 10% da massa corporal durante esse período.

            Exercícios Físicos

 

Pré-Diabetes

A primeira, e uma das mais essenciais, mudanças que a pessoa diagnosticada com pré-diabetes deve ter é em relação a prática de atividades físicas semanais ou, se possível, diárias.

Na sua rotina, é recomendado exercer alguma atividade que deixe seu corpo ativo e dure, no mínimo, 30 minutos. Pode ser exercícios simples como caminhadas, danças, natação, andar de bicicleta, passear com cachorros ou subir estadas. Essas atividades devem ser feitas, pelo menos, 3 dias na semanas, porém o mais recomendado é fazê-las nos setes dias semanais.

            Controle o Nível De Glicose No Sangue

 

Pré-Diabetes

Além de exames médicos, existem diversas ferramentas e instrumentos que possibilitam saber a quantidade de glicose no sangue naquele exato momento. Um dos melhores, e que costuma sempre ser recomendado para pré-diabéticos, é o glicômetro. Com ele, só é necessária uma amostragem do sangue da pessoa para os resultados.

Diante disso, é recomendado adquirir o glicômetro e sempre ficar de olho no nível de glicose, podendo saber se é necessário fazer mudanças mais drásticas na rotina e alimentação, além da quantidade de insulina que o organismo está precisando.

            Pare De Fumar

O tabagismo é um grande vilão da diabetes [LINK] e, com isso, também da pré-diabetes. O ato de fumar pode aumentar em quase 50% as chances de um pré-diabéticos evoluir a doença.

Diante disso, quem é fumante deve largar o ato imediatamente, aumentando as chances da efetividade do tratamento.

            Cirurgia Bariátrica

Em casos mais drásticos com pessoas que sofrem com obesidade mórbida ou muito excesso de gordura, será necessário ocorrer o processo de cirurgia bariátrica. Com isso, a pessoa diminuirá o seu IMC, emagrecerá e vai conseguir uma melhora significativa da produção da glicose pelo próprio organismo.

            Seguir Orientações e Dicas

Por fim, o seguimento e respeito às orientações médicas é essencial. Ir regularmente às consultas e fazer exames para o controle do desenvolvimento da pré-diabetes são ações necessárias e que irão ajudar muito contra o avanço da diabetes.

Além disso, existem diversos programas e projetos que auxiliam, dando dicas e orientações pertinentes para pré-diabéticos. Um deles é o excelente Diabetes Controlada  do Dr. Rocha.

Dieta Para Pré-Diabético

 

Pré-Diabetes

Além dos tratamentos e mudanças nos hábitos que foram citados no tópico anterior, quem possui pré-diabetes precisa fazer urgentes mudanças alimentares, iniciando uma dieta com alimentação saudável.

Os pré-diabéticos devem evitar alimentos ricos em gordura saturada, açúcares e de alto valore calóricos, além de carboidratos simples e industrializados. Em contrapartida, dar preferência para fibras, carboidratos complexos, vegetais, principalmente os verdes escuros, frutas, carnes magras e alimentos integrais.

Para a dieta e mudanças dos hábitos alimentares serem mais efetivas é recomendado buscar orientações com um nutricionista ou médico especializado.

You May Also Like

About the Author: Cura Natural

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *